Após dois anos de interregno, por culpa da pandemia, eis que regressa, em 2022, a “caminhada do coração”!

Alunos da EB de Vilarinho do Bairro sobem a Rua Principal, em Torres.

Na quarta-feira, dia 25 de maio, fui atraída por gargalhadas e risos de crianças e jovens que, em grande número, atravessavam a aldeia de Torres. Fui até à porta e vi que não se tratava de uma miragem, eram na realidade os alunos da escola EB 1 2 3  de Vilarinho do Bairro que, mais um ano, percorriam a distância entre a sua escola e a Lagoa de Torres! Aí, com os seus professores e outros elementos desta Escola, passaram um dia diferente, com uma refeição ao ar livre seguida de jogos e demais atividades que certamente tornaram este dia diferente, pois o companheirismo, o lugar em si, a natureza, repleta de tons de verde, o espelho das águas, o grasnar dos patos e gansos e o chilrear dos pássaros fazem deste lugar um sítio maravilhoso. Pena a Lagoa de Torres não ser muito conhecida nem divulgada! Lugares como este não existem assim tanto pelo país e os que têm o privilégio de os ter deveriam usufruir deles, pois funcionam como uma terapia natural que tranquiliza e dá paz de espírito.

Natália Loureiro

Categorias: Outro

0 comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.